Prêmio de Pesquisa Pamela e Alexander F. Skutch

O Prêmio de Pesquisa Pamela e Alexander F. Skutch apoia a investigação minimamente invasiva das histórias de vida, especialmente as relações sociais e de reprodução, de aves pouco conhecidas na região Neotropical continental, incluindo Trinidad e Tobago.

Este prêmio é apoiado por um fundo que foi criado pelo Dr. e Sra. Skutch após a reunião conjunta da Associação de Ornitólogos de Campo, Asociacion Ornitologica de Costa Rica, e da American Birding Association em San Jose, Costa Rica, em 1997. Nessa reunião, o Dr. Skutch foi homenageado pela AFO por mais de sessenta anos de contribuições para a ornitologia Neotropical.

O Dr. Skutch é conhecido por suas centenas de artigos científicos e mais de quarenta livros, sobre o comportamento e as histórias de vida de aves. Sua intenção em criar o Fundo Skutch foi apoiar o tipo de pesquisa a que dedicou a sua vida e, especialmente, para incentivar os estudos de pessoas que vivem na região Neotropical. Por esta razão, será dada preferência aos candidatos baseados no Neotrópico que propoõem projetos de pesquisa que envolve uma quantidade substancial de observação de aves no campo.

Elegibilidade
A Associação de Ornitólogos de Campo recebe pedidos para financiamento de ornitólogos não–profissionais ou profissionais de qualquer nacionalidade. Será dada preferência aos candidatos que tiveram alguma experiência anterior com a região geográfica onde proponham trabalhar (e, se possível, no mesmo sitio de pesquisa), bem como com as espécies de aves a ser pesquisadas. O candidato e/ou seu supervisor principal de pesquisa deve ser membro da Associação de Ornitólogos de Campo (antes do prazo de inscrição) para ser elegível para um prêmio. Para se tornar um membro da AFO, visite http://www.osnabirds.org/.

Será dada preferência aos candidatos que propõem estudos onde se espera produzir resultados que possam ser publicados em revistas científicas com revisão por pares. Todos os premiados são incentivados a considerar publicar pelo menos algumas das suas descobertas no Journal of Field Ornithology. Além disso, a publicação em revistas populares ou livros é incentivada. Os premiados também são fortemente incentivados apresentar os resultados de suas pesquisas em uma reunião anual da Associação de Ornitólogos de Campo. Os premiados podem aplicar à AFO para obter ajuda com as despesas de viagem.

Frequência e valor
Um prêmio de até US$10.000 é oferecido anualmente.

Aplicar para um prêmio
As aplicações podem ser apresentadas em Inglês, Espanhol ou Português. Os requisitos da aplicação são descritos detalhadamente no Formulário de Aplicação ao Prêmio Skutch. Em Inglês (MS Word or PDF). En español (MS Word o PDF). Em português (MS Word ou PDF).

Agora você pode aplicar on-line! Clique AQUI para formulário de candidatura.

Prazos de recepção das candidaturas
15 de julho.

Favor dirigir todas as perguntas sobre o prêmio ou processo de aplicação para Elissa Landre.

 

Pessoas premiadas anteriormente
2014: Dr. Rodrigo W. Soria Auza, Bolívia, para estudar a disponibilidade de habitat e biologia reprodutiva da Palkachupa Cotinga para avaliar o seu estado de conservação e orientar os esforços de restauração de habitat

2013: Pablo Toledo-Monsonís, para um estudo intitulado: Estudio del Estatus Actual y Éxito Reproductivo de La Colonia de Garza Agami (Agamia agami) Del Lago Cocococha, Reserva Nacional de Tambopata, Perú

2012: Roni Martinez, Belize, para estudar a biologia reprodutiva de Harpyhaliaetus solitarius.

2011: Sergio Nolazco, Peru, para um estudo intitulado: Aspectos ecológicos y biológicos de la especie endémica y en peligro cortarrama peruana (Phytotoma raimondii) (Peruvian Plantcutter): información crucial para su conservación.

2010: Gustavo Londoño, Peru, para um estudo intitulado: How does avian nesting behavior change along an Andean altitudinal gradient?

2009: Noemi Esther Huanca Llanos, para um estudo intitulado: Biología reproductiva y uso de hábitat de la endémica y en peligro Cochabamba Mountain Finch (Poospiza garleppi)

2008: Juan Ignacio Areta, Argentina, para um estudo intitulado: Aves especialistas en semillas de bambú: historia natural de Claravis godefrida, Sporophila falcirostris, Sporophila frontalis y Tiaris fuliginosus durante una floración de la Takuarusu (Guadua chacoensis)

2007: Mieko Kanegae, para estudar o uso de habitat e tamanho da população de aves endêmicas e ameaçadas de Cerrado na Estação Ecológica de Itirapina, região Sudeste do Brasil.

2007: Sandra V. Valderrama, Colômbia, para o estudo da história natural e influência do paisagem sobre a variação vocal de uma ave em perigo critico, Thryothorus nicefori

2006: Ursula Valdez, Peru, para estudar a ecologia de falcões Micrastur na floresta amazônica do sudeste do Peru

2005: Harold Greeney, Equador, para estudar o comportamento e biologia reprodutiva de pequenos passeriformes pouco conhecidos nas montanhas do leste do Equador

2004: Carlos Humberto Pereira de Oliveira, Brasil, para estudar o comportamento e biologia reprodutiva de Formicivora littoralis

2003: Sandra Victoria Rojas Nossa, Universidad Nacional de Colombia, para estudar a ecologia de uma comunidade de Diglossa e Diglossopis

2002: Juan Diaz Alvan, Peru, para estudar o comportamento do recentemente descrito Percnostola arenarum