Um Guia para Ornitólogos e Conservacionistas Neotropicais Procurando Fazer Estudos de Pós-graduação em Universidades nos Estados Unidos

Michael Jacobson e Keith L. Bildstein
Hawk Mountain Sanctuary
1700 Hawk Mountain Road
Kempton, Pennsylvania 19529 USA
bildstein@hawkmountain.org

INTRODUÇÃO
Navegar o mar de procedimentos, formais e informais, envolvidos em procurar, selecionar e aplicar a programas de pós-graduação nos Estados Unidos pode ser uma tarefa longa e difícil. Este esforço pode ser ainda mais difícil para os estudantes estrangeiros não acostumados as tradições acadêmicas nos Estados Unidos. Este documento destina-se a ajudar os potenciais candidatos estrangeiros, especialmente àqueles interessados em aspectos de conservação da biologia tropical.

PROGRAMAS DE MESTRADO (M.S.) VERSUS DOUTORADO (Ph.D.)
Os estudos de pós-graduação nos Estados Unidos podem resultar em um mestrado ou um doutorado. Algumas universidades oferecem ambos, enquanto outros oferecem apenas um. Esta informação pode ser pesquisada nos sites dos departamentos que serão descritas mais adiante neste guia.

Os dois graus são semelhantes em muitos aspectos. Com efeito, as condições de entrada para ambos são frequentemente idênticas. Programas de mestrado costumam levar 2-3 anos para ser concluído. A tese de mestrado é tipicamente menor do que a dissertação de doutorado. A tese de mestrado representa pesquisa original que pode ser uma continuação de outros estudos. Graduados do programa de mestrado muitas vezes vão para as carreiras como técnicos de campo ou de laboratório, ou podem entrar em áreas de política e de gestão de organizações que promovam a conservação. Não é incomum para os graduados de mestrado prosseguirem com estudos de doutorado.

Programas de doutorado, que precisam de mais tempo de estudo do que programas de mestrado envolvem uma maior investigação em profundidade e treinamento específico em um determinado campo. Os programas de doutorado costumam levar 4-6 anos para serem concluídos. A dissertação de doutorado é baseada em um período de trabalho de campo maior  do que a tese de mestrado e é mais abrangente e original. Doutores muitas vezes vão para carreiras na academia, trabalho de museu, ou como líderes de organizações de conservação. Ao contrário do mestrado, o Ph.D. é considerado um grau terminal em biologia da conservação.

OS PRÉ-REQUISITOS
Assumimos que os alunos que estão lendo este guia possuem certos requisitos mínimos necessários para a admissão para programas de mestrado e doutorado nos Estados Unidos. Entre estes estão: proficiência excepcional em Inglês (falado e escrito), um diploma universitário (pelo menos Bacharelado) em Biologia ou uma disciplina relacionada (ou seja, zoologia, gestão de recursos naturais, biologia de animais selvagens, etc.) com um GPA competitiva (3,0 ou superior), que possuam uma área de interesse (ampla ou específica), experiência de campo, e uma vontade de fazer um trabalho de qualidade ao nível de pós-graduação. O acesso a um computador e à Internet é uma ferramenta essencial de investigação no processo de candidatura.

POR ONDE COMEÇAR
Um primeiro passo importante na aplicação de programas de pós-graduação é ter uma ideia de sua área ou área de interesse. Nós assumimos que os alunos que estão lendo este guia têm interesses em trabalho de campo de pós-graduação com base ornitológica ou conservação na região neotropical. Alguns podem ter um interesse específico em um grupo taxonômico, como “Passeriformes neotropicais”, ou com um conceito como a “divisão de recursos em ecossistemas tropicais”.

Existem várias maneiras de se familiarizar com as atualidades em sua área de interesse. Um dos mais fáceis é perguntar a seus professores/instrutores universitários o que eles sabem sobre as atualidades em conservação e ornitologia em seu país, e como você pode conhecer mais sobre essas atividades. Outro jeito é visitar uma boa biblioteca, que pode ser em sua universidade ou em outro lugar, e procurar jornais recentes e atuais para artigos de interesse. (Veja a lista anexada de jornais selecionados em biologia da conservação e ornitologia para uma visão geral desses recursos.)

No entanto, outra maneira de aprender mais sobre as potenciais áreas de interesse é determinar quando as conferências, congressos e reuniões ornitológicas, ecológicas e de conservação estão ocorrendo perto de você, e participar delas. As versões on-line do Ornithological newsletter e La Tangara normalmente fornecem atualizações sobre tais eventos. Se você decidir participar de uma reunião, prepare e leve o seu curriculum vitae com você (em Inglês e Português), de modo que você pode dar para professores de pós-graduação que você pode conhecer na reunião.

CALENDÁRIO
Como a maioria das coisas, é importante fazer a sua aplicação para as escolas de pós-graduação antes das datas limite. Lembre-se que as instituições dos EUA trabalham em cronogramas fixos, e que para ter uma chance razoável de admissão, você deve respeitar esses cronogramas e prazos e “as regras do jogo”. A maioria dos programas de pós-graduação nos EUA começam em setembro. Os prazos para a submissão de inscrições variam de 1 de Outubro a 31 de Dezembro do ano anterior da admissão. Por exemplo, o prazo para um programa a partir de setembro de 2002 será em torno de novembro de 2001. Cada universidade tem seus próprios prazos. Pelo fato de que você vai precisar de uma boa quantidade de tempo para preparar a sua aplicação, é essencial que você comece este processo cedo.

Todas as universidades exigem que o requerente apresente os seus resultados do exame geral do GRE (Graduate Record Exam). A maioria também exige que o requerente apresente os resultados do exame GRE em Biologia. Para assuntos relacionados com exames GRE, incluindo locais onde fazer o exame, as datas em que o exame é oferecido, informações sobre o exame, e informações sobre como se inscrever para fazer o exame (na maioria dos casos, isso pode ser feito on-line), consultar o site do GRE em http://www.gre.org. Se você tiver problemas para usar o site para obter informações, solicite que uma cópia do Boletim oficial GRE, com todas as informações associadas, seja enviado a você. Os exames GRE são oferecidos na maioria dos países da América Latina e do Caribe. No entanto, as opções para as datas dos exames podem ser limitadas. Determine quando os exames são oferecidos em sua região, e faça o exame a tempo de cumprir prazos de candidatura para as universidades onde que você está aplicando.

Para obter respostas a perguntas sobre o GRE, entre em contato com o escritório do GRE para o setor de América Latina e Caribe em: Sylvan Learning Systems International Division, 3110 Timanus Lane, Suite 200, Woodlawn, Maryland 21244 USA (Fone: 1-410-843-8160; Fax: 1-410-843-8569). Você vai querer obter o melhor resultado possível nesses exames porque as universidades usam estes resultados como uma importante ferramenta de avaliação. Tente encontrar livros que irão preparar você para o formato e os tipos de perguntas que você vai ver no exame.

É quase certo que você também precisará apresentar os seus resultados do TOEFL (Test of English as a Foreign Language). Uma pontuação de >550 é normalmente exigida de alunos nos quais sua língua nativa não é o Inglês. Determine quando o TOEFL é oferecido perto de você, e faça o exame a tempo de incluí-lo em sua aplicação, juntamente com seus resultados do GRE. O melhor local para obter informações sobre o TOEFL é: http://www.toefl.org.

As universidades também vão pedir cartas de recomendação de até três professores ou supervisores. Você deve ter cartas prontas para mandar, ou pedir a esses professores/supervisores mandar as cartas, antes das datas limite. Escolha pessoas que vão escrever uma boa recomendação (ou seja, de forma positiva). Se você não tiver certeza como alguém se sente sobre você e seu trabalho, pergunte se eles poderiam escrever uma carta de recomendação para você. A maioria das pessoas serão honestas. Será melhor se as pessoas que escreverão as cartas para você preparem uma carta específica para cada universidade/programa onde você está aplicando. Esta é outra razão para identificar cedo as universidades onde você quer aplicar.

COMO IDENTIFICAR ORIENTADORES, PROGRAMAS E UNIVERSIDADES QUE SE ENCAIXAM COM SEUS INTERESSES

Louisiana State University graduate students in Peru

Peru

Há centenas de universidades e milhares de pesquisadores nos Estados Unidos. Algumas universidades e programas enfatizam biologia tropical, embora a maioria não. Muitos pesquisadores trabalham nos trópicos sobre uma série de questões biológicas, mas eles não estão relacionados com um programa que possui como foco biologia tropical. Essas pessoas não devem ser desconsideradas como orientadores ou valiosos recursos de informação.

Como você vai passar bastante tempo com o orientador de pós-graduação que você escolherá, é extremamente importante encontrar alguém que corresponda aos seus interesses e personalidade. Informação é poder, tanto para o seu sucesso profissional e bem-estar pessoal. Use todos os meios possíveis para aprender sobre as universidades de interesse e potenciais orientadores.

Este guia demonstra uma forma de aprender sobre universidades e orientadores usando o World Wide Web (ver abaixo). Não hesite em usar outras ferramentas que podem fornecer informações adicionais. Converse com os biólogos de sua universidade ou com pesquisadores que conheceu durante projetos de campo. Pergunte a eles sobre as universidades e pesquisadores que conhecem. Descubra quais estações biológicas/ecológicas estão em seu país e obtenha os nomes de pessoas, nacionais e estrangeiros, trabalhando ali. Contate pessoas cujos artigos você gostou. Deixe-os saber que você tenha lido seus artigos quando você se apresenta a eles. Não hesite em dizer a essas pessoas o que você está interessado em fazer. Pergunte se eles têm sugestões ou recomendações sobre programas ou outras pessoas a contatar. O e-mail é uma forma rápida e maravilhoso entrar em contato com as pessoas. Use-o. Mas, lembre-se que as pessoas estão investindo tempo para ajudá-lo (o que eles, normalmente, gostam de fazer), então seja atencioso.

Sua capacidade de se comunicar e interagir com outras pessoas, juntamente com o seu uso da World Wide Web, irá desempenhar um papel crucial no processo de coleta de informações. A obtenção da informação que você precisa sobre os programas de pós-graduação e o processo de aplicação pode parecer um desafio às vezes. No entanto, o uso adequado de certos sites e técnicas de procura podem fazer a sua procura relativamente fácil.

USANDO A INTERNET
Ver: http://www.conbio.org/professional-development/advice-for-students
e http://www.clas.ufl.edu/CLAS/american-universities.html

JUNTANDO TUDO
Depois de ter encontrado potenciais orientadores, envie a cada um deles uma carta ou um e-mail, se apresentando e descrevendo a si mesmo, seu interesse em estudar com eles, em biologia da conservação ou ornitologia, e todas as ideias para projetos que você possa ter. Tudo isso deve ser feito antes de aplicar formalmente à universidade (meados de outubro a meados de novembro). Sua carta deve enfatizar a sua experiência de pesquisa em primeiro lugar, e secundariamente seu desempenho acadêmico. Você pode também fazer perguntas específicas sobre o trabalho atual do professor que você esta escrevendo. Isso indica que você está familiarizado com suas pesquisas e que leu alguns de seus artigos. Fazer perguntas ajuda o professor responder à sua carta. Por último, pergunte se ele estará aceitando novos alunos no ano que vem. A carta não deve ter mais do que uma página. Inclua um resumo ou curriculum vitae com a carta ou e-mail. Se você não receber uma resposta à sua carta dentro de três semanas, envie uma breve carta/email perguntando se foi recebida a sua mensagem original, e se eles gostariam que você aplique como novo estudante de pós-graduação.

As respostas as suas cartas devem ajudá-lo enfocar as suas aplicações. Solicite formulários para aplicar a cada universidade que você escolheu, ou preencha os formulários online. As informações sobre como pedir os formulários devem estar disponíveis no site de cada universidade. Se já tiver cartas de recomendação e resultados dos exames prontos, completar formulários de candidatura deve ser a parte mais simples do processo, já que a grande parte do trabalho já foi feito. Mesmo assim, você terá que seguir cuidadosamente as instruções. Após submeter o seu pedido, deve esperar uma quantidade adequada de tempo, e depois ligar a universidade para ter certeza de que eles receberam a sua aplicação.

Uma vez que isso tenha sido concluído, você pode querer visitar algumas das universidades para uma entrevista, se for possível. Algumas universidades têm dinheiro disponível para pagar a viagem dos melhores candidatos para essa finalidade. Esta é uma oportunidade importante para você conhecer o potencial orientador, enquanto para a faculdade é interessante ver se eles se dão bem com você. Se não for possível visitar a universidade, escreva por e-mail à estudantes de pós-graduação no departamento perguntando sobre suas interações com os docentes e os outros estudantes, ou qualquer outra informação que você queira saber.

A partir daí, tudo o que você pode fazer é esperar até que os comitês façam às decisões. Novamente, existe um intervalo de tempo quando este comitê ocorre, mas os candidatos para programas de doutorado são normalmente notificados entre meados de fevereiro e abril. Depois de ter sido aceito em um programa e de ter decidido que é certo para você, avise as outras universidades que deram ofertas de admissão para que elas saibam que você não vai aceitar as suas ofertas. É bom também enviar um e-mail aos outros professores com quem você correspondeu para agradecer a eles por seu tempo e deixá-los saber onde você decidiu estudar.